domingo, 3 de maio de 2009

PRA VOCÊ


A Tempos não falo de paz

Venho pensando em como encontrá-la...

Verdadeiramente eu sei!

Mas como dizê-la para universos tão diversos

Dizendo apenas frases bonitas?

Sorrindo em tempo de discordia?

Dormindo profundo quando a insonia dos problemas insistem em me levar?

Pulando da cama agradecendo a tudo que já passei?

Trabalhando em situações que na verdade nem gostaria de participar...

Quero levar a paz

Agradecer pelo nada ou por tudo que me move aqui

Agora, nesse instante apenas oferecer o que tenho em mãos...

Essa rosa cor de rosa...

Pra você!

Aline
(Texto e Foto)

Um comentário:

Judith disse...

O bom de passar aqui e ali é que, entre uma passada e outra, a gente acaba ficando.
Voltarei sempre. :)
Boa semana!